Conteúdo

A importância da certificação – LEED e WELL

“Por que devo certificar meu edifício ou meu escritório?” Essa é uma pergunta que frequentemente me é feita por clientes e outros profissionais. E sempre antes que eu consiga responder, a segunda pergunta já vem na sequência. “Não dá na mesma aplicarmos somente as boas práticas?”

Tomo então um fôlego e hesito. “Sim e não!”

O “sim” é porque é verdade. Se aplicarmos todas as boas práticas de sustentabilidade em um edifício ou em um ambiente de escritório, ele será tão ou mais sustentável que uma outra edificação certificada. Porém, e esse é o meu “não”, o primeiro item a ser cortado no decorrer das análises orçamentárias são os custos e com eles se vão os painéis fotovoltaicos, os vidros low-e, a fachada ventilada, aquele paisagismo bem planejado, os cuidados durante a fase construtiva, a compra de materiais e produtos mais responsáveis para o meio ambiente e que não prejudicam a saúde dos ocupantes, os cuidados com a qualidade do ar e da água, o projeto de irrigação, a iluminação de baixo consumo… E o que sobra? Bem, um edifício ou escritório comum.

Já um edifício ou escritório que busca uma certificação, assina-se um compromisso durante a fase de concepção. Então mesmo que haja, e há, cortes orçamentários durante a fase projeto-obra, eles tendem a alinhar para um melhor custo-benefício, pois as estratégias não são simplesmente cortadas caso seu custo inicial seja maior que o esperado. Nesses casos, os profissionais (cliente, arquitetos, projetistas, construtores, consultores, etc) sentam e conversam sobre as possibilidades para o projeto e os benefícios daquela determinada estratégia durante a vida útil da edificação ou escritório. Isso se chama Processo Integrativo. Além disso, há a credibilidade do empreendimento ser verificado e auditado por terceira parte, facilitando inclusive a venda de escritórios em edifícios corporativos, e como há demanda, a cadeia de prestadores de serviços e fabricantes de materiais da construção civil começa a evoluir para atender os projetos em certificação.

Vendo  por esse ângulo, não é difícil afirmar que certificações como o LEED e o WELL aceleram todo o processo de mudança de paradigmas e na transformação positiva do setor da construção civil e de empresas. As certificações sempre estarão a alguns passos do que se entende hoje por eficiência, impactos socioambientais, economia, qualidade de vida, saúde e bem-estar. Quem sabe daqui a alguns anos todo esse conceito já não estará tão assimilado e permeado por todos os profissionais e aí sim as boas práticas serão introduzidas nas edificações e escritórios inconscientemente. E se me perguntarem “Por que?” não hesitarei em responder que é porque será a única forma que conheceremos de construir e criar ambientes pensando nos ocupantes, meio ambiente e sociedade.

Abraços e até a próxima.

Obs. Não deixe de comentar!

Eduardo Straub

Sócio-Proprietário da StraubJunqueira

Consultoria Especializada em Construção Sustentável e Qualidade de Vida, Saúde e Bem-Estar