Residência HLC é Segunda Colocada no 5° Prêmio Saint-Gobain de Arquitetura – Habitat Sustentável

Na na noite da última quinta-feira aconteceu entrega da maior premiação de arquitetura sustentável do Brasil – O 5° Prêmio Saint-Gobain de Arquitetura – Habitat Sustentável. 

A Residência HLC que foi certificada no ano passado pelo GBC Brasil Casa, nível Ouro e contou com a consultoria em sustentabilidade da StraubJunqueira ficou na segunda colocação na categoria Profissional – Edificação Residencial.

“O prêmio promovido pelo Grupo Saint-Gobain, com o apoio do suas empresas Brasilit, Cebrace, Isover, PAM, Placo e Weber, incentiva e fomenta o uso de tecnologias, processos e a correta especificação de produtos na Construção Civil brasileira em prol do conforto, inovação e sustentabilidade.

Em sua 5ª edição, consolida seu propósito na busca de projetos que apresentem aspectos do conforto, soluções inovadoras e ao mesmo tempo preservem o meio ambiente e promovam a sustentabilidade da construção civil brasileira, e tem por objetivos:

– reconhecer e premiar projetos de arquitetura em desenvolvimento ou já edificados, que se destacaram na proposição de soluções para o conforto do ambiente, inovação e sustentabilidade da obra.

– mobilizar profissionais e estudantes que acreditam que a construção civil exerce significativa contribuição para a sustentabilidade do setor e bem-estar dos usuários; e

– incentivar o uso de tecnologias, processos e a correta especificação de produtos e processos para o conforto do ambiente, inovação e sustentabilidade na construção civil brasileira.”

O projeto da Residência HLC, que foi destaque em matéria do Jornal Nacional, levou em consideração critérios de sustentabilidade desde a concepção dos projetos, utilizando a metodologia de Avaliação de Ciclo de Vida. Adotou preocupações como redução no consumo de água, eficiência energética, uso de materiais ambientalmente preferíveis e garantia da saúde, conforto e bem-estar dos moradores ao controlar a umidade dos ambientes, controlar partículas contaminantes e utilizar exaustão em ambientes que não possuam ventilação natural.

A StraubJunqueira parabeniza todos os envolvidos, em especial ao casal Henrique e Luciana Cury, os arquitetos Kika Camasmie e Jorge Elmor e o Henrique da E-tool.

Conheça todos os vencedores.

Para saber mais sobre esse projeto, leia na integra a matéria, ou assista nosso webinar!

Até a próxima!

Abs. Equipe StraubJunqueira

Chamada Pública Procel Edifica​ 2018​

A Eletrobras, por meio do Programa Nacional de Conservação de Energia Elétrica (Procel), lançou a chamada pública na área de eficiência energética em edificações, para seleção de beneficiários que receberão serviços executados através de três Termos de Referência detalhados no site.

Disseminar a eficiência energética em edificações brasileiras é uma tarefa que compete a todos nós. Por isso, a StraubJunqueira convida todas as construtoras, incorporadoras, empresas de facilities e administradoras prediais a se inscreverem no processo de seleção de beneficiários.

As inscrições estão abertas​ e vão até 2 de abril de 2018, às 17h (horário de Brasília)​​. ​Conheça os objetivos relacionados a cada Termo de Referência, identifique em qual deles pretende participar como beneficiário e inscreva-se na chamada pública:​​

O objetivo é selecionar  empresas em todo o território nacional, para receberem capacitação, consultoria e assessoria para projeto e operação de edifícios de alta eficiência. Também estão sendo selecionadas empresas e instituições, públicas ou privadas, para receberem treinamento, consultoria e projeto de retrofit de coberturas, visando a instalação de mini/micro usinas fotovoltaicas e a promoção da eficiência energética do edifício.

O segmento de edificações é responsável por aproximadamente 50% do total da energia elétrica consumida no país, por isso as ações do Procel Edifica, e consequentemente de sua Chamada Pública, consideram três pilares importantes para a eficientização do setor: o potencial de eficientização energética para novos projetos de edificações; o potencial de eficientização da operação de edificações existentes; e a aplicação da geração distribuída associada à eficiência energética.

Para mais informações sobre o Edital da Chamada Pública, acesse: http://www.eletrobras.com/chamadapublicaedifica

Dúvidas poderão ser respondidas no e-mail cpedifica2018@eletrobras.com

NÃO DEIXE PARA A ÚLTIMA HORA e SUCESSO À TODAS AS EMPRESAS!

Abs.

Equipe StraubJunqueira

Webinar: QUALIDADE DO AR INTERIOR: O Olhar das Certificações LEED e WELL sobre os Impactos na Saúde

Quarta-Feira, 28 de Março de 2018 | 14h – Horário de Brasília
A StraubJunqueira em parceria com a UL Environment irão promover uma palestra online e gratuita sobre a Qualidade do Ar Interior: Olhar das Certificações LEED e WELL sobre os Impactos na Saúde. E você é nosso convidado!

O objetivo do evento é mostrar a importância da qualidade do ar de ambientes internos, os impactos na saúde e a relação com as certificações LEED e WELL. Os principais pontos a serem abordados no webinar serão:

  • Principais causas da poluição do ar de ambientes internos
  • Como evitar a poluição em ambientes internos
  • Regulamentos e normas aplicáveis
  • Certificação de produtos e ensaios de emissões químicas aplicáveis
  • Aplicação nas certificações LEED e WELL

Faça sua inscrição e garanta sua presença através do Link. Próximo a data do evento você irá receber no e-mail cadastrado o link de acesso ao vivo. A palestra tem duração prevista de 45 minutos e mais uma rodada de perguntas de 15 minutos.

Esperamos você!

Atenciosamente,

Equipes StraubJunqueira & UL Environment

A Metamorfose das Organizações (Crônicas de Um Mundo Sustentável) – Capítulo 2

Capítulo II – Da Lagarta à Pupa

“Queremos dar o próximo passo.” Leopoldo, responsável pelo departamento estratégico da Marcetex, iniciou a conversa. “Além de outros produtos, fabricamos divisórias para escritórios e gostaríamos de entender o quanto e como podemos contribuir para o LEED.”

Foi interessante perceber essa inversão de papeis. Geralmente somos nós que vamos até a indústria mostrar a importância de incorporar a sustentabilidade em seus produtos, mas, nesse caso, foram eles que chegaram até nós.

Nesse parágrafo, talvez escrevesse sobre como mapeamos todos os critérios ambientais dos produtos da Marcetex e também da sua cadeia de fornecedores; explicaria minuciosamente o cruzamento que fizemos a partir desses resultados com as exigências das certificações mais expressivas do mercado; entraria no resultado final de sua contribuição para o LEED dizendo que hoje a Marcetexatende um total de 2 dos 9 pontos possíveis e mostraria, inclusive, uma figura do resultado final e que intitulamos de DSP – Declaração Sustentável do Produto.

Figura – DSP Marcetex, SJ 2017

Contudo, quero contar uma outra história. Não estamos falando de transparência? E o que seria a transparência senão uma forma do entendimento do seu ser. Do entendimento dos seus erros e acertos. De saber, que muitas das realizações vêm de fracassos… e de não ter medo de expô-los, pois sem eles não haveria a experiência. Por isso, gostaria de contar a história de como uma “exigência” do mercado vem transformando toda uma empresa e nada melhor do que a reflexão de quem participou de todo o processo.

“A realização do diagnóstico para entender o grau de sustentabilidade dos nossos produtos nos deu uma nova visão, um novo olhar para os nossos processos. Houve melhorias na postura da empresa, em nosso comportamento e isso vem se refletindo desde a forma de como estudamos a composição dos materiais até como buscamos fornecedores em nossa cadeia.

O estudo nos possibilitou apontar fornecedores que seguem as exigências do LEED e, principalmente, aqueles que atendem aos requerimentos de VOC e materiais tóxicos. Foram contratados novos fornecedores de colas e tintas, porém, não excluímos os fornecedores antigos. Não faz parte da política da Marcetex excluir, mas trabalhar de forma a capacitar e incluir aqueles que compartilham da mesma visão que temos. Dessa forma, em um dos casos ajudamos um de nossos fornecedores de tintas (lacas e vernizes) para interiores a obter os laudos de VOC para os seus produtos. Em outro caso, temos um pequeno fornecedor de mão de obra que está a anos conosco. Ele tem uma oficina mecânica e cuida da nossa frota. Por ser pequeno, ele não sabia da exigência de uma Licença de Operação para suas instalações e tampouco sabia como fazer para obtê-la. Poderíamos simplesmente ter trocado de fornecedor, porém, escolhemos por usar nossa estrutura para orientá-lo e auxiliá-lo de todas as formas para que ele obtivesse sua licença.

Com este novo conhecimento foi possível entender a receita de produção das divisórias e apresentar os produtos com total transparência, sem ocultar eventuais “vilões ecológicos”, a fim de mensurar o real desempenho ambiental e técnico dos mesmos. Este conhecimento também foi muito importante na implantação do novo processo de orçamentos e custos, trazendo um controle melhor dos custos e preços a serem praticados.

No processo produtivo fazemos agora a gestão correta dos resíduos. Todo resíduo é separado e destinado para locais que tenham as licenças em dia. E esse também foi um ponto de mudança comportamental nosso. Hoje, nossos colaboradores entendem a importância da reciclagem e acaba que nos policiamos sempre que há algum deslize.

Em suma, podemos dizer que o diagnóstico deu um upgrade na atuação ambiental da Marcetex, potencializou o atendimento que já é realizado, realçou as certificações vigentes na empresa como o FSC e a ABNT Rotulagem Ambiental e fundamentou as estratégias em relação aos próximos passos que a Marcetex precisa percorrer em relação a sustentabilidade. São elas: novas certificações, novos relatórios, gestão de qualidade, entre outros.” (Adalberto Alves. Marcetex, 2017)

Sigmund Freud disse certa vez “Olhe para dentro, para as suas profundezas, aprenda primeiro a se conhecer.”

Texto escrito por:

Eduardo Straub, WELL AP e LEED AP BD+C, Sócio-Proprietário da StraubJunqueira (Consultoria Especializada em Construção Sustentável e Qualidade de Vida, Saúde e Bem-Estar), empresa membro do GBC Brasil.

Veja os outros capítulos:

Texto originalmente escrito para o Blog do GBC Brasil

Webinar – WORKPLACE WELNESS na íntegra

Na última quinta-feira (28/09) tivemos o prazer de participar de um bate-papo super gostoso com a querida Arq. Priscila Benk.

Priscila, sócia proprietária do Qualidade Corporativa, é especialista em Projetos para Ambientes de Trabalho (Gepr. ArbeitsplatzExpertin/ Gepr. BüroEinrichterin), Consultora internacional de Qualidade em Escritórios (Quality Office Consultant), graduada em Arquitetura e Urbanismo pela UFRGS e pós-graduada em Arquitetura de Interiores pela UniRitter Laureate International Universities.

Na ocasião falamos um pouco sobre a interferência dos ambientes construídos na saúde e bem estar dos usuários. Enquanto a Priscila explanou sobre a neuroarquietura (um conceito super novo no Brasil), nós falamos um pouco sobre a Certificação WELL, pois são totalmente complementares!

Quer conhecer mais e conferir o conteúdo completo? Então acesse o link!

Nos vemos em nosso próximo webinar!

Abs da equipe StraubJunqueira

WORKPLACE WELLNESS

A convite da Arq. Priscilla Bencke do Qualidade Corporativa, estaremos ao vivo nesta quinta-feira (28/09) para um bate papo sobre Workplace Wellness.

Como projetos de qualidade impactan no ambiente de trabalho e na saúde das pessoas.

Data: 28/09 (quinta-feira)
Horário: 19:30 horas
WEBINAR ONLINE GRATUITO!

Evento no Facebook:

Você já imaginou como que os ambientes podem impactar no comportamento das pessoas?

Estudos da área da Neurociência demonstram evidências do impacto do espaço físico no cérebro humano.

Neste webinar iremos falar um pouco mais deste assunto e de como ele está diretamente ligado com o nosso cérebro.

Mediadora : Arqº Priscilla Bencke

Especialista em Projetos para Ambientes de Trabalho (Gepr. ArbeitsplatzExpertin/ Gepr. BüroEinrichterin), Consultora internacional de Qualidade em Escritórios (Quality Office Consultant), graduada em Arquitetura e Urbanismo pela UFRGS e pós-graduada em Arquitetura de Interiores pela UniRitter Laureate International Universities. É responsável pela Bencke Arquitetura, com mais de 50.000m² de área projetada, atuando nas áreas de consultoria, projeto e execução, para empresas que buscam a produtividade através do bem estar e da qualidade de vida. Fundadora do conceito QUALIDADE CORPORATIVA: Smart Workplaces.

Profissional Convidado: Luiza Junqueira

Arquiteta Belas Artes SP – LEED AP BD+C – WEEL AP. Consultora DBNG e GBC. Brasil Casa. Membro dos comitês CBCS e GBC Brasil.

Como consultora em sustentabilidade atua desde 2007. Participou de projetos publicos e privados entre edificios comerciais, escolas, shoppings centers, arena de futebol (FIFA 2014) e indústrias.

Profissional Convidado: Eduardo Straub

Eng. Civil Escola de Enganharia Maua – Pós Graduado em Gestão Ambiental SENAC – Especialização em Construções Sustentáveis GBC Brasil, Master Gestão de sustentabilidade FGV. LEED AP BD+C e membro dos comitês CBCS e GBC Brasil.

Atuou nas áreas de planejamento, suprimentos, qualidade e gerenciamento de obras. Como consultor de sustentabilidade atua desde 2009.

  • REALIZAÇÃO/ORGANIZAÇÃO:

BENCKE ARQUITETURA E CONSTRUÇÕES / QUALIDADE CORPORATIVA Smart Workplaces
Av. Assis Brasil 3867/201 – Porto Alegre/RS

Contatos: (51) 3350.5099 │ contato@qualidadecorporativa.com.br

Quer saber mais sobre Neuroarquitetura e Certificação WELL? Então não perca e inscreva-se no link do evento!

Até lá! 

Palestra WELL Dia 27/9 – GRUPAS

Olá!

O GRUPAS – Grupo de Gestores de Facilities – nos convidou para dar uma palestra sobre Bem-Estar e Qualidade de Vida para ambientes corporativos com foco na Certificação WELL Building Standard.

A palestra será minstrada pelo Eng. Eduardo Straub as 11h do dia 27/9 no auditório da DOW Química.

Clique AQUI para realizar a sua inscrição e conferir a programação completa!

Abraços e nos vemos lá!

Equipe StraubJunqueira

 

 

Tendências Wellness no Ambiente Corporativo

Com o aumento da tecnologia e do desemprego, nunca foi tão importante encontrar e reter colaboradores certos para cada tipo de organização.  Mas como deixar os colaboradores felizes, produtivos e engajados?

Uma forma de manter talentos é garantir que os colaboradores sintam-se comprometidos e conectados ao trabalho que lhes interessa.  Mas, embora muitos líderes empresariais ainda não tenham certeza de como medir o nível de produtividade do colaborador, muitos já percebem que é fundamental investir na experiência do local de trabalho.

Logo, à medida que as empresas lutam para atrair e reter colaboradores talentosos, o ambiente de trabalho tornou-se um ponto importante de atração. Trabalhadores saudáveis ​​e engajados são os ativos mais valiosos para as empresas, e elas estão prestando muita atenção no papel que o local de trabalho pode ter na saúde de seus colaboradores. Na verdade, a falta de engajamento pode ter origens físicas, e muitas vezes existe um vínculo entre o projeto do ambiente de trabalho e o bem-estar.

Nesse cenário, globalmente muitas empresas estão tendo um olhar mais próximo ao impacto que o ambiente construído pode ter na saúde e bem-estar, através de cuidados que avaliam os ambientes em diferentes áreas, tais como conforto, iluminação, alimentação saudável, redução do estresse, incentivo a prática de atividades física, entre outras. Ou seja, para ter colaboradores produtivos, a empresa precisa lidar com eles integralmente.

Passos simples como melhorar a qualidade do ar, aumentar a iluminação natural e introduzir vegetação – que tipicamente trazem benefícios ambientais, como menor consumo de energia – também podem ter um impacto positivo relevante no retorno do investimento, melhorando a produtividade dos colaboradores, reduzindo o absenteísmo, o presenteísmo, os turnovers e os custos médicos.

Conheça as principais estratégias que uma empresa deve adotar para melhorar a qualidade de seu ambiente de trabalho e conheça os principais benefícios que essas mudanças trazem, através de resultados de projetos que já levam em consideração as mudanças constantes e cada vez mais rápidas que o século 21 trás nos ambientes corporativos e a influencia da geração Y, como uma nova forma de ocupar e se relacionar dentro desses espaços.

Veja o estudo sobre Tendências Wellness no Ambiente Corporativo!

Texto originalmente publicado no Blog do Green Building Council Brasil https://goo.gl/N9dNw6